Zirconia Prettau®

Zirconia Prettau® 





Porque agora há a zircônia Prettau
®?
  • A zircônia Prettau® é altamente translúcida e combinada com uma técnica de infiltração desenvolvida especialmente serve para o fabrico de peças estéticas de zircônia integral, sobretudo no campo dos implantes, também para evitar a greta da cerâmica.


a Prettau® Zircônia é muito dura e abrasiva?

Em odontologia, por abrasão, (do latim abrasio = „raspagem“) entende-se a perda da substância dura do dente devido ao esfregamento. Fazem parte desta substância dura o esmalte e a dentina. Por causa do processo de mastigação, a substância dura do dente consome-se a partir do esmalte. A abrasão, portanto, não é considerada uma característica positiva, aliás pode ser colocada no mesmo plano do desgaste. Observando a natureza, sabe-se que os elefantes morrem de fome na idade de 50 a 60 anos, porque a dentadura é tão consumida que não os deixa mais assumir alimento.

A Prettau® Zircônia sinterizada distingue-se pela composição especial do material, sobretudo em termos de densidade e polimento. Este novo material, portanto, não cria sinais de desgaste de nenhum tipo no dente natural.

Para deixar este fenómeno mais compreensível pode-se usar um exemplo prático: se for esfregada a madeira contra o vidro polido, não se formam aparas, mas isso ocorre esfregando a madeira contra a madeira.
Se transferirmos este exemplo no âmbito odontológico e se compararmos os dentes naturais com dois pedaços de madeira, podemos concluir:
o desgaste dos dentes que ao se tocarem se ocluem é inevitável, pois as superfícies se consomem esfregando uma com a outra. A zircônia integral sinterizada e polida, por outro lado, no contato com os antagonistas naturais não mostra nenhum sinal de consumo. O polimento e o grau de dureza de um material são decisivos para estabelecer se uma substância tem ou não uma alta resistência ao desgaste. A substância “mais macia”, o esmalte dental do antagonista, escorrega,
portanto, sem abrasão no material polido e duro da zircônia, como ocorre com a madeira no vidro. O contato, ao contrário, da cerâmica (ou também do metal ou da zircônia cerâmica) com o dente natural provoca abrasão.
A estrutura da cerâmica, que inevitavelmente é muito porosa, age no dente natural como papel esmerilhado.
Em comparação com a Prettau® Zircônia polida, um dente revestido em cerâmica é 1000 vezes mais sujeito a abrasão. A nossa experiência com o trabalho na zircônia confirma quanto acima e dá garantia que a zircônia não provoca no dente quase nenhuma abrasão. No momento os resultados internos são verificados no plano científico junto a algumas universidades.

Em geral, pode-se dizer que quanto mais o material é duro e polido mais é baixo o seu desgaste devido ao atrito e, por conseguinte, também a abrasão.